Neil Gaiman | A bela e a adormecida

Uma nota rápida sobre essa releitura belamente ilustrada, que mescla dois dos contos de fadas mais famosos: A bela adormecida e Branca de Neve e os sete anões. Essa breve leitura me lembrou uma atividade que fiz durante a minha pós, quando tivemos de reinterpretar algum conto de fada e escolhi justamente A bela adormecida. É sempre bastante interessante trabalhar com esse tipo de exercício … Continuar lendo Neil Gaiman | A bela e a adormecida

HQ | Corpos

O grande desafio de uma obra cuja estrutura é grandiosa é justamente manter o seu argumento monumental no decorrer de seu desenvolvimento, culminando com um clímax igualmente impressionante. Corpos, HQ seriada em 8 partes no mercado internacional lançada em 2014 e publicada em volume único no Brasil no mês de junho deste ano, propõe a si mesma essa provocação. A ideia elaborada por Si Spencer … Continuar lendo HQ | Corpos

Galeria | Nighthawks (Falcões Noturnos)

A primeira vez que tive contato com essa obra do norte-americano Edward Hopper (1882-1967) foi em um vernissage da escola de artes onde minha irmã estudava desenho clássico. O melhor amigo dela apresentou, nessa ocasião, uma releitura de Nighthawks (Falcões Noturnos) e eu fiquei hipnotizada por esse quadro. Essa obra é um marco da produção artística da primeira metade do século XX. Pesquisando a respeito, li … Continuar lendo Galeria | Nighthawks (Falcões Noturnos)

Clássico | Diva (José de Alencar)

Depois de tantos anos sem ler uma obra típica do Romantismo brasileiro, a experiência de leitura de Diva (1864) deve me valer, ao menos, um singelo comentário neste espaço. Que interessante foi, depois de tanto tempo, deparar-me como leitora com a prosa de José de Alencar (1829-1877) que, muito longe de banalizar as relações amorosas, antes idealiza em níveis estratosféricos o amor em si. A jovem … Continuar lendo Clássico | Diva (José de Alencar)

Distopias | Fahrenheit 451

Foi há coisa de uns três meses, com o lançamento da revista de livros Quatro cinco um (comentada aqui), que eu me lembrei de que tinha na estante o livro que inspirou o título da revista – ainda não lido. Resolvi ler o livro antes de me dedicar ao primeiro número da revista e a leitura do clássico escrito por Ray Bradbury me deixou tão … Continuar lendo Distopias | Fahrenheit 451

Irmãos Encrenca | O caso do sabotador de Angra

História originalmente publicada em 1981, este livro, apesar de sempre figurar entre as aventuras dos Irmãos Encrenca, curiosamente, não conta com a participação de Marco, Eloís e Isabel. Na verdade, o único vínculo que essa história apresenta com o arco restante das aventuras dos irmãos é a presença do Inspetor Nicolau, personagem que também participa de histórias do trio. Entretanto, como não li todos os … Continuar lendo Irmãos Encrenca | O caso do sabotador de Angra

Leitura | Quem matou Roland Barthes?

Preciso, ainda que brevemente, fazer um registro da leitura desse excelente livro. Confesso até que me senti constrangida durante sua leitura. Primeiro, porque, mesmo tendo lido algumas sinopses sobre ele previamente, eu o subestimei. Segundo, porque se trata de um livro que vai muito além de uma mera trama policial. O que me chamou a atenção foi o insight do jovem autor francês Laurent Binet … Continuar lendo Leitura | Quem matou Roland Barthes?