Cinema | Mulher-Maravilha

Eu cresci lendo gibis e revistas sobre histórias em quadrinhos. Era muito comum – e desestimulante também – ler reportagens que faziam previsões muito pessimistas sobre a possibilidade de levar para os cinemas especificamente dois personagens: Wolverine e Mulher-Maravilha. Foi, portanto, muito bacana ver os anos passando e constatar que as previsões – nos dois casos – estavam erradas. No caso da Mulher-Maravilha, foram mais … Continuar lendo Cinema | Mulher-Maravilha

Revista | Quatro cinco um

A iniciativa de tentarmos novamente fixar a existência de um título voltado para o mercado de livros no Brasil, por si só, já tem mérito. Essa é a proposta da Quatro cinco um, novo título mensal cujo nome é uma remissão direta ao romance Fahrenheit 451, obra-prima do escritor norte-americano Ray Bradbury (1920-2012). Ela tenta suprir o vazio deixado pela Entrelivros, título editado pela Duetto, … Continuar lendo Revista | Quatro cinco um

Livro & Filme | A Delicadeza

É sempre polêmico falar de obras adaptadas da literatura para o cinema. Pessoalmente, sempre me posiciono a favor desse tipo de transposição, porque esse processo não apenas estimula o interesse pela produção original, como também permite uma nova interpretação (uma ressignificação) da obra. No caso de livros que, em sua essência, já são muito bons (este é o caso aqui), é ainda mais complicado aceitar … Continuar lendo Livro & Filme | A Delicadeza

Leitura | Big Loira e outras histórias de Nova York

Há tempos Dorothy Parker (1893-1967) aguardava a sua vez em minha estante. Pacientemente, ela ficou lá durante anos. Diga-se de passagem, apenas eu perdi com isso, porque demorei mais a ter contato com uma prosa inteligente, irônica e espirituosa. Os contos reunidos neste volume, selecionados e traduzidos por Ruy Castro, são pequenos recortes de momentos de uma sociedade às vezes vazia, às vezes densa, às … Continuar lendo Leitura | Big Loira e outras histórias de Nova York

Projeto Hitchcock | Sabotagem/O marido era o culpado (1936)

Achei bastante curioso o fato de um mesmo filme ser conhecido por dois títulos diferentes. Internacionalmente, Sabotage é o nome utilizado na filmografia de Hitchcock; aqui no Brasil, O marido era o culpado é outro título pelo qual esta mesma produção é conhecida, embora eu não saiba a razão disso. Uma coisa é certa: O marido era o culpado é simplesmente um título ridículo, que … Continuar lendo Projeto Hitchcock | Sabotagem/O marido era o culpado (1936)

Leitura | A mulher que escreveu a Bíblia

Primeiro ponto: o título desse livro me fisgou. Definitivamente, me deixou motivada para a leitura. Quem gosta de ler sabe que alguns títulos têm esse poder. A segunda coisa que me agradou bastante foi a narração em primeira pessoa, feita pela protagonista da história: uma mulher inteligente, espirituosa e… feia. Este último detalhe até poderia ser algo negativo, se essa protagonista não soubesse usar todos … Continuar lendo Leitura | A mulher que escreveu a Bíblia

Maigret | Maigret e seu morto

Essa aventura do comissário Maigret foi lida em um processo diferenciado. Pela primeira vez, tive acesso aos quadrinhos do comissário da polícia judiciária francesa, em um traço elegante de Philippe Wurm e um roteiro dinâmico, elaborado por Odile Reynaud. Sem dúvida, foi uma experiência interessante e criativa, muito embora a imagem de Maigret pelas mãos de Wurm não corresponda em nada à ideia que eu … Continuar lendo Maigret | Maigret e seu morto