Galeria | A Noite Estrelada

800px-van_gogh_-_starry_night_-_google_art_project

Este quadro, além de um dos mais belos trabalhos de Van Gogh, é também um tributo à memória. Sua produção, em si, já foi um processo bastante interessante de concepção artística.

Em sua temporada em Arles, na França, o artista holandês desenvolveu vários estudos e quadros sobre perspectivas noturnas, trabalhos estes que enviava a seu irmão Theo, que trabalhava como marchand, para venda.

A Noite Estrelada foi concebida enquanto Van Gogh estava em no hospital psiquiátrico de Saint-Paul-de-Mausole. O interessante foi que a paisagem do quadro foi inteiramente recuperada da memória do pintor: ela era a vista da janela de seu quarto no sanatório. Ele passava a noite observando para pintá-la durante o dia. Um exercício de memória e de execução técnica precursor do Expressionismo.

É fácil perceber que a paisagem do quadro ganhou os contornos especiais da interpretação de Van Gogh, com pinceladas que conferem um movimento peculiar de cores e formas. Vários estudos ressaltam o tom de melancolia da obra, mas, a meu ver, esse quadro é especialmente interessante, justamente porque o movimento das pinceladas me passa uma sensação alegre, mais dinâmica, com tons de azul, amarelo e laranja que evocam uma energia muito especial para uma paisagem noturna.

A Noite Estrelada
Artista: Vincent Van Gogh
Localização: Museu de Arte de Nova York – MoMA (EUA)
Ano: 1889

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s