Série Vaga-lume | O Fantasma de Tio William

79892aaee784aec54cfb5b8a1606a67b9c0ca2ff

Esse volume da Coleção Vaga-Lume tem ar de conto de fadas. A fantasia e a realidade dialogam o tempo todo nessa história que Rubens Francisco Lucchetti inventou para entreter a irmã doente em sua juventude.

Ambientada na década de 1940, a trama de O Fantasma de Tio William é, a princípio, uma romântica história de amor envolvendo um rico casal da alta sociedade paulista – John e Magda Winston – e uma famosa atriz de teatro (ah, o glamour do teatro!), Carmen de Luna. Jogos de interesse, fórmulas mágicas e humor tomam conta da história, cuja leitura é fluida e descontraída.

Casamento x profissão

Do ponto de vista feminino, trata-se de uma história bastante interessante. Magda e Carmen representam lados que, aparentemente, não poderiam ser conciliados na vida de uma mulher adulta. Enquanto uma sonha com um casamento feliz e filhos ao lado do homem que ama; a outra, já considerada personalidade no ambiente artístico, ambiciona a vida de esposa de um milionário e, com ela, o status da tradição de uma família de origem europeia em solo brasileiro.

Quando Magda e Carmen trocam de corpos – desculpem o spoiler! – chama a atenção os questionamentos que Magda começa a fazer a si mesma. Ao se encantar com o ambiente do teatro e a vida de atriz, ela se pergunta se não pode, ao mesmo tempo, ter o amor de John e ser uma atriz, ter uma carreira. Uma pena que, ao ser obrigada a escolher (por que ela tem de escolher?), a protagonista opta pelos filhos e renuncia à possibilidade de uma carreira.

Outros tempos

É possível entender o ponto de vista do autor, muito embora ele tenha perdido uma excelente oportunidade de questionar o papel social da mulher. A estrutura de sua história, apesar de uma leitura muito agradável, é conservadora do ponto de vista feminino. Também compreendo que seu objetivo não era ter a pretensão de discutir, ou de propor temas mais sérios, a partir de uma história infantojuvenil. Nesse contexto, Tio William, o fantasma da família Winston, acaba sendo um aliado das duas mulheres, ao usar seu conhecimento científico a serviço dos desejos de Magda e de Carmen; contudo, é inegável que, em um determinado ponto da história, é o divertido fantasma que tem o destino de ambas em suas mãos.

Definitivamente, é um ponto positivo a forma como o autor amarra o início e o fim da história, fazendo uma perfeita conexão entre a tempestade, Tio William e também o jogo entre fantasia e realidade: “uma mistura de sonhos e de esperanças”, nas palavras do próprio fantasma.

O Fantasma de Tio William
Rubens Francisco Lucchetti
Editora Ática
1992 – 88 páginas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s