Leitura | J.Edgar Hoover – Uma biografia em HQ

Eu não leio muitas biografias, principalmente em quadrinhos. Não é nada quanto ao gênero, simplesmente explorei muito pouco essa área até agora. Depois dessa experiência, porém, acho que vou investir mais nas biografias.

Antes de qualquer outra coisa, preciso fazer uma observação positiva também sobre o tratamento gráfico que a Seoman dispensou à obra de Rick Geary sobre um dos homens mais poderosos da história dos Estados Unidos – e veja que ele nem foi presidente! Tirando alguns pequenos erros de revisão de texto, a capa dura e a qualidade do papel e das imagens são muito boas.

A história de J.Edgar Hoover é extremamente interessante e explica muito sobre a política de investigação adotada por seu país até os dias de hoje. Hoover assumiu ainda muito jovem a Agência de Investigação americana e foi em sua gestão que este órgão se transformou no famoso Federal Bureau of Investigation – o FBI, em 1935. Hoover acompanhou o governo de oito presidentes e “serviu” o seu povo durante mais de 50 anos, construindo uma carreira de “combatente do crime” baseada em favorecimento próprio, preconceito e radicalismo.

Foi Hoover quem traçou o perfil do investigador norte-americano, montando um time de homens, brancos, magros, de pele boa e formados em Direito. Suas determinações formaram a essência da postura policial consolidada pelos Estados Unidos ao longo do tempo e, durante a leitura, deu para saber mais sobre a manipulação da opinião pública, de onde surgiram os blockbusters hollywoodianos sobre espionagem e também como surgiu a rivalidade entre FBI e CIA.

Também durante a leitura, fiquei muito interessada em assistir ao filme J.Edgar, dirigido por Clint Eastwood, e também de assistir novamente ao ótimo Boa noite e boa sorte, dirigido por George Clooney. E eu, que achava que o Macartismo tinha sido um fenômeno político sem precedentes na história norte-americana… Antes de Joseph McCarthy, Hoover já estava usando um cargo público para mostrar ao país como segregar judeus, perseguir comunistas e ignorar os direitos da população negra.

O cartunista Rick Geary é um veterano das HQs, com trabalhos publicados em várias revistas e vencedor do prêmio da National Cartoonist Society em 1994.

J.Edgar Hoover – Uma biografia em HQ
Rick Geary
Tradução de Manuel Lauand
Editora Seoman
2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s