Desafio Literário | Novembro: Escritor(a) Africano

Sinopse

A PraiaDoBispo é um bairro tranquilo de Luanda – o VelhoPescador cuida de sua rede, o VendedorDeGasolina espera um cliente que nunca chega, AvóAgnette e AvóCatarina conversam com a vizinha e ralham com os miúdos. As obras de um mausoléu, porém, transformam e ameaçam o cotidiano – soldados soviéticos comandam os trabalhos de construção do monumento, e o projeto de revitalização do local ameaça desalojar os moradores. As crianças da PraiaDoBispo assistem a tudo com seus olhos inocentes mas agudos, e divertem-se com as brincadeiras de rua e com a presença extravagante dos estrangeiros. Elas começam a desconfiar que os ‘lagostas azuis’, como chamam os soviéticos, podem estar tramando algo confidencial. Mas o segredo do soviético pode ter a ver com outras coisas – a enorme quantidade de sal grosso encontrada no depósito da construção, os pássaros de plumagens coloridas mantidos presos em gaiolas ou a dinamite estocada nos barracões do canteiro das obras.

Eu não estava me dando conta, mas creio que há um tempinho não lia nada protagonizado por crianças. E tinha me esquecido de como é divertida uma narrativa em primeira pessoa feita por uma criança que vive no meio de outras crianças. Sem dúvida, o livro de Ondjaki me proporcionou esses momentos alegres.

Avó Dezanove e o Segredo do Soviético é um romance que brinca com as lembranças e rememora o passado por meio de uma linguagem poética leve e plástica. Ondjaki abusa das sinestesias e constrói constantemente um quadro de infância no qual a amizade supera inúmeras dificuldades sentimentais e materiais também.

“Os adultos pensam que ‘a nossa vida é só brincar’. Não é bem assim. A vida da Charlita nem sempre era fácil com a missão de dividir os óculos dela na hora da telenovela porque as irmãs também queriam utilizar os óculos para ver bem, a vida do 3,14 também era de ajudar em casa e nas vendas da avó dele que ia longe vender pão que tinha comprado mais barato ali na padaria da rua, a vida do Gadinho também nem sempre era fácil com essas coisas de aturar tudo o que ele não podia fazer: não podia brincar, não podia fazer festa de anos, nem podíamos lhe dar prendas, nem podia vir às nossas festas de anos e nem mesmo a prenda que todos juntamos para lhe dar o pai dele não aceitou na conta de serem testemunhas de Jeová.” (pág. 31-32)

Por ter sido a primeira vez que entrei em contato com a prosa do angolano Ondjaki, eu sinceramente não sabia o que esperar da leitura. Eu diria que isso foi bom, porque não criei expectativas e, como prezo muito o bom-humor, valorizei bastante a construção dos personagens infantis dessa obra: crianças espirituosas e que não foram privadas da capacidade de sonhar. Creio que este seja o grande ponto forte do livro. O ponto fraco ficou por conta de um final um tanto utópico e que me pareceu uma saída fácil para resolver o enredo, principalmente se eu parar para pensar que, embora protagonizado por crianças, o livro traz uma mensagem adulta em sua essência. Levando isso em conta, o final foi simples.

Mesmo assim, trata-se de um livro muito agradável, cuja leitura recomendo e cujo valor também precisa ser destacado ao considerar em sua narrativa fatores importantes da formação da sociedade angolana após o processo de libertação do país. A influência soviética e as imagens da guerra elaboradas pelas crianças compõem um retrato sensível de como esse contato afetou e provavelmente ainda hoje afeta os angolanos.

Nota: 4

(de 1 a 5, sendo: 1 – Péssimo; 2 – Ruim; 3 – Regular; 4 – Bom; 5 – Excelente)

Este post faz parte da blogagem coletiva Desafio Literário 2012 [v. lista de livros agendados]

Blog do Desafio Literário 2012

Avó Dezanove e o Segredo do Soviético
Ondjaki
Cia das Letras
2009
192 páginas

Anúncios

4 comentários sobre “Desafio Literário | Novembro: Escritor(a) Africano

  1. Oi!
    Também li um livro do Ondjaki para o desafio e adorei. É apaixonante a história contada com tanta leveza pelo olhar de uma criança. Foi uma ótima surpresa para mim e agora quero ler outros livros do autor, inclusive esse que você resenhou.
    Até+!

  2. Estou adorando as impressões de leituras sobre o tema de novembro. Vejo muito riqueza, profundidade, beleza e leveza. Dica de leitura anotada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s