Expo | “O Francês no Brasil em Todos os Sentidos”

Aproveitei o fim de semana prolongado do feriado da Independência para visitar a exposição “O Francês no Brasil em Todos os Sentidos”, no primeiro andar do belo Museu da Língua Portuguesa, uma das coisas das quais acho realmente que vale a pena se orgulhar no Brasil. Não tenho notícia de outra nação que tenha feito um museu exclusivamente para homenagear seu idioma, com direito a visitações grátis todos os sábados, como nós.

Grudado à estação Luz do metrô paulista, é fácil chegar ao Museu, se você está na capital ou próximo a ela. Esta foi a segunda vez que visitei o local e a primeira em um dia de visitação gratuita. Não me arrependi.

A concepção da mostra é bem interessante e criativa. Há muitos recursos para tentar mostrar aos visitantes como o idioma francês e mesmo alguns costumes desse país fazem parte do cotidiano brasileiro. Logo na entrada, há luminosos metálicos com palavras francesas já incorporadas à nossa língua em movimento.

Um corredor bem iluminado com frases de expoentes da literatura francesa, suas gravuras e, no lado oposto, intelectuais brasileiros que neles se inspiraram (também no molde de frase + gravura) foi uma outra ideia muito legal que vi por lá. Isso sem contar “a bailarina” – sequência de fotos de passos de balé e explicações didáticas sobre a dança – “as pegadas” com informações sobre o Iluminismo dentro das formas de pés; as frases em 3D que, de frente, aparecem em francês e, de lado, surgem traduzidas em português; “o mural das bocas”, que, de quando em quando, pronuciam palavras em francês, etc., etc.

A curadoria da exposição é franco-brasileira. De acordo com informações so site oficial do Ano da França no Brasil, à frente do lado francês do projeto, estão Henriette Walter, linguista, e Benoit Peeters, teórico, crítico e roteirista. Pelo Brasil, a curadoria é do poeta e doutor em francês Álvaro Faleiros, com consultoria do escritor Milton Hatoum.

Entretanto, não posso deixar de mencionar a exposição permanente do Museu (que sempre vale a pena visitar), no segundo andar (acima), contando as origens do nosso idioma, desde os primórdios, seus parentescos com outras línguas, sua história e evolução no Brasil, com a incorporação de vocábulos provenientes de outras culturas e um pouco da história de nossa literatura.

Mas é, no entanto, o espetáculo do terceiro andar (acima) a parte que mais me emociona. A Praça da Língua é uma parte do Museu para a qual são distribuídos ingressos a turmas de 180 pessoas de cada vez para uma experiência interativa de contato com a língua portuguesa muito, mas muito bem pensada, elaborada, e, digo mais uma vez, emocionante – pelo menos eu, nas duas ocasiões em que dela participei, me emocionei e me senti muito orgulhosa de ser uma falante do idioma português brasileiro.

Resumidamente – não quero acabar com a surpresa de quem ainda não a conhece – a experiência na Praça da Língua começa com um minidocumentário (10 minutos) com narração de Fernanda Montenegro sobre a origem da língua portuguesa. Depois disso, os participantes são convidados a ver a aplicabilidade do nosso belo idioma na música, na prosa e na poesia, com trechos de obras famosas, narradas/cantadas por pessoas famosas e visualmente exibidas com muita criatividade, sensibilidade e uma notável “veia concretista”. Maravilhoso e imperdível.

Serviço
Museu da Língua Portuguesa
– estação da Luz – pça. da Luz, s/ nº, Bom Retiro, região central, São Paulo, SP. Tel. 0/xx/11/3326-0775. Ter. a dom.: 10h às 17h (c/ permanência até as 18h). Ingr.: R$ 4 (grátis p/ menores de dez, maiores de 60 anos e sáb.). “O Francês no Brasil em Todos os Sentidos”: até 11 de outubro. Classificação etária: livre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s