Shodo

Tive o duplo prazer, na semana passada, de conhecer pessoalmente uma grande apoiadora da revista para a qual trabalho e também uma grande amiga: Cecilia Saito. Em uma palestra ministrada na Caixa Cultural, Cecilia, com muita simpatia, deu uma aula sobre Shodo, a caligrafia japonesa.

Não sei o que me deixou mais contente: conhecê-la pessoalmente ou saber mais sobre o assunto da palestra, que é simplesmente fascinante. Creio que as duas coisas.

O Shodo é um dos tesouros da cultura do Japão. Trata-se de uma arte que envolve muito da efemeridade, do momentâneo e da beleza dos gestos impermanentes. Quem quiser saber mais sobre isso é só ficar de olho nas próximas edições da Zashi (e no site também), que logo logo tocaremos no assunto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s